quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Deixa...


Foto: Ana Rita Vaz Cruz



gozo gozo gozo

tara de mais querer

querer de mais tesão

tesão de mais viver

viver de te lamber

lamber teu dedão

ah!!

não?!

deixa!

a gueixa quer você

lamber querer viver

tesão dedão gozo

deixa?

depois não se queixa.

10 comentários:

Moacy Cirne disse...

Lamber o poema, antes de mais nada, na medida de sua exata poesia. Um beijo.

Bion disse...

Gostei do "Deixa?" do final... rs

Eu vim lendo a poesia num ritmo só e fui quebrado por esse pedido, quem não ficaria, afinal!

Poesia, dedão, gozo, tesão... uau!

beijão!

Erika disse...

na delícia e na volúpia... dedos... línguas... cheiros e gostos...

maravilhoso.

beijos

Carito disse...

gueixa rolar...

Auíri Au disse...

Que foto linda....
O pequeno descrever das palavras intão nem se comenta!!

BEijos


Auíri

T. Parada disse...

"Lamber teu dedão ah ! nao?! deixa!"
kkkk
mt boa essa parte...
legal o jogo de palavras
=))
b-joss

Marcelo disse...

o simples deixar faz com que não deixemos ali na calçada os desejos que se perderam...

Natália Nunes disse...

Ui!!
Isso não foi um convite, foi uma intimação!!
Adorei, Fernanda.

Aliás, o gozo do corpo tem permeado seus escritos ultimamente. Estou me deliciando!

Bjos!

Ricardo Rayol disse...

Com pedidos assim só louco pra negar.

Palavras de um mundo incerto disse...

bAH, GURIA,

A vida, a paixão,a transa que anda no vem e vai dos corpos que transpiram uma forma MÁGIKA que nem a ciência descobriu ainda.

bJO, ADOREI!

Marcos Ster