sábado, 8 de setembro de 2007

Ode ao meu lugar


Foto: Nelson Magela


Passo por becos seculares

abrigos de muitos ares

segredos guardados

nunca revelados



Janelas com vitrais

coloridos artificiais

telhados quebrados

mirantes alternados



Centro de séculos

lugar de botecos

noites agitadas

pessoas descoladas



Reviver é pra amar

tem reggae pra regar

a vida é uma festa

e muita conversa



Tem a praça da Faustina

bar do Porto na esquina

gente que sai torta

São Luís, maravilhosa.



*Uma singela Homenagem aos 395 anos de São Luís, cidade onde nasci, cresci e aprendi. Nessa poesia falo do Centro histórico, mais precisamente do Reviver. Lugar eclético. Reúne artistas, universitários, gente que nunca estudou, quem não é artista. Enfim, um lugar democrático, daqueles "porretas".

13 comentários:

sandra camurça disse...

clap! Clap! Clap!
Parabéns, Menina, pelos 395 anos de São Luís e pelo poema também. Essa foto é muito linda, raptaste do Balaio, não foi?
Maravilha! Copyleft, copiléfiti, rsrs.

Beijos.

Thais G. disse...

Olá, achei teu blog lá no blog infinito particular.
Adorei o poema sobre São Luis, tenho vontade de conhecer os lençóis... quem sabe ano que vem...
Ah, e antes que eu me esqueça, também me falam bastante do caranguejo daí rsrs

ABRAÇOS
PARABÉNS PELO ANIVERSÁRIO DA CIDADE!

Jens disse...

Oi Nanda (olha como eu só abusado):
Como disse Tolstói: "se queres ser universal, canta a tua aldeia".
***
Parabéns pelo prêmio (referenciado aí embaixo). O teu blog é um dos que fazem a diferença. Você merece (e eu, também. O Moacy também me premiou).
***
Quanto ao poema erótico mais abaixo: uau!
***
Um abraço.

Moacy Cirne disse...

Parabéns para São Luís e para você. Você resolveu mudar a foto, né? Essa também ótima, talvez mais apropriada ao poema. Um beijo.

Edson Marques disse...

Fernanda,


São Luís deve ser lida!

E linda, também!


Abraços, flores, estrelas..


.

Dilberto disse...

Olá, bela conterrânea: sim, sou (e falo) de São Luís e sou aquele a quem o Moacy se refere no seu Balaio! Entretanto, a despeito de tua bela homenagem a nossa bela cidade, ainda não atualizei o meu blogue... Mas o convite está feito para visitar os Morcegos: por lá tem poesia e prosa na veia (porque tinha que ser, não é mesmo?) e ainda recito na Miscelânea, um blog em conjunto! Um beijo!

P.S.: curiosamente, pelos teus "interesses", também temos outra coisa em comum: o Direito!

Ricardo Rayol disse...

Deixo aqui o meu abraço para São Luis e para você. Muito bem feita essa homenagem. Saudações de um pseudo-maranhense.

Márcio disse...

Ainda não fui, mas quem sabe, né? Beijos!

Osc@r Luiz disse...

Sua Ode me deu ainda mais vontade de conhecer São Luís.
Beijo e bom domingo!

Bion disse...

Conheço São Luís e adoro!
Sua poesia deixou-o ainda mais bonito.

Compartilhando um presente de niver que ganhei ! Assista e aproveita e conheça um pouco do meu trabalho!
http://video.google.com/videoplay?docid=7397154051684955840&hl=en
Eu adorei!!!

Beijos e só pra lembrar que minha vizinha ilustra esta sumida! hahaha

benechaves disse...

Olá Fernanda: deixo aqui os meus parabéns pelos anos de sua São Luis, nascida e criada. E tb pela beleza e criação de seus poemas.

Um beijo singular...

Poliedro disse...

Bela e terna Ode ao lugar que a viu nascer e crescer.
Lindo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
O seu cantinho possuí a magia encantada do seu deslumbrante Ser que é seu e o requinte afável feito poesia do seu belo Estar.
Parabéns!

Abraço Amigo

pena

Vou colocar o seu link. OBRIGADO!

ana disse...

Sou maranhense e me orgulho d ver talentos conterrãneos fazendo arte por ai...