sábado, 29 de setembro de 2007

Urgência


Ame-me agora,

antes que a

lascívia/incoerência

coragem/instinto

ansiedade/encanto

Ilusão, nos abandone



Grita pra eu ouvir

palavras cravejadas/enlouquecidas

na cópula/carnal

indecente/animal

Que me quer.


13 comentários:

Barão Van Blogh disse...

"...Ver o pôr do Sol na sua cor
Rubra de sentimento..."


Bom fim de semana .

Natália Nunes disse...

ô, Fernanda, obrigada pelo comentário tão, tão elogioso.

Beijão, querida.
Obrigada pelo apoio.

Poliedro disse...

Minha Amiga:
Descreve um apelo urgente de amor.
Sensualidade e sedução que grita com ardor e fulgor.
Terá as suas razões.
Esta agressividade expressa nas palavras aflitivas de certeza encontrarão eco. Um eco ponderado, sensato e sóbrio que reporão uma calma que necessita no seu encantador desespero.
Também se encontram palavras assim no dicionário do amor que faz parte do sentir, pensar e viver.
Beijos de muita amizade.
pena

De certeza encontrará a serenidade nesta urgência que sente e vive.

Palavras de um mundo incerto disse...

Bah,

só pela imagem já imagino as gritos, as vontades.

Bjos e bom domingo!

Marcos Ster

Ps:Ei, passe no meu canto?
Ps2:Há tempos que não recebo uma idéia sua.

Rita Costa 'Alma de Poesia' disse...

Oi, Fernanda.
Dando um passeio pelos blogs parceiros, cheguei aqui.
Adorei esse belo poema. Lindo mesmo.
Seu blog esta maravilhoso poetisa. Parabéns! Bjus

Erika disse...

o grito que vem do fundo da alma em carne viva...

beijos

ofthewood disse...

Intenso e carregado de pulsões extremas este seu texto.
Beijo

R Lima disse...

O Tempo não para.. e nos acompanha. Há coisas que só o agora explica.

Qr o agora.. qr assim.. que me gritem.. que gritem para mim.

A ida será real.

Bjs grande poeta e bom domingo,



Texto de hoje: Déjà Vu...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

ACANTHA disse...

Que urgência...
(Faz pouco que freqüento o Poesia na Veia, FERNANDA. Mas continuo encantada com seus escritos!!)

Edson Marques disse...

Fernanda,



Tua poesia é urgente.


Abraços, flores, estrelas..

.

Ricardo Rayol disse...

está realmente inspirada.

Jens disse...

Ardente, ardente...

cm disse...

...o instante e a objectiva ..e foto das palavras