quinta-feira, 26 de julho de 2007

Poética




Coisa louca essa vontade

Arte sem loucura não é verdade


Atrevo-me a escrever fatos banais

insisto em desvendar casos vitais


Sugiro ocasos em dias claros

almejo invernos não gelados


Demasiadamente me alucino

escrevendo a esmo

a tino


Falo de temas inventados por mim

ontem

hoje

enfim....


Recordo dias de outrora

clamo por outra aurora


Amo poesia

e fim

15 comentários:

2+2=5 disse...

Bacana!
Tem um texto seu chamado 'urgência' e é o título de uma poesia minha =)
Bjinhu gostoso =*

pn disse...

sabes de onde vem 'poesia'?

'poiesis', um fazer

a arte do fazer = poética

belo texto.

Jéssica disse...

Gostei daqui!
Achei bem legal o poema do 'b'.
Um abraço*.*

Márcio disse...

Essa aí é pra se amar mesmo! Maravilha!!!

Moacy Cirne disse...

"Arte sem loucura não é verdade": concordo com a sua poética,embora a loucura, você e eu sabemos disso, possa se dar nos mais variados níveis da percepção humana. Cada um de nós constrói o poema - um dado poema - segundo a "sua" loucura párticular. Não lhe parece? Afinal, amamos a poesia. E fim. Um beijo.

Milla Loureiro disse...

estou me aventurando na poesia tbm, uma terapia de vida!!!

aceita um café?

Alessandra disse...

Lindo o seu blog! Adorei!
Estou linkando no meu: www.justale.com.br/momentos

Parabéns!

Jens disse...

Sorte de nós, teus leitores, que a poesia tenha uma amante tão devotada assim.
Um beijo.

Edson Marques disse...

Fernanda,

que lindo poema!


Quem recorda a aurora como você, descobre-a todo dia!




Abraços, flores, estrelas..

.

Moacy Cirne disse...

Oi, você está sendo citada no Balaio Porreta. Um beijo.

Bion disse...

Olha, posso dizer que eu tenho preferência por poesia rimada sim, dá um ritmo muito interessante.

Bonita demais !

Eis uma moça de talento. =)

Bina Goldrajch disse...

Eu também! rs...
AMO poesia!
Não é novidade para ninguém, né? rss...

Eu-Alguem. disse...

"Arte sem loucura não é verdade"

*-*

Bjus louca talentosa
huehuehue

;p

Viktor Navorsky disse...

=) da onde tira tanta inspiração? Belo texto, boas palavras.

Natália Nunes disse...

"Arte sem loucura não é verdade".

hahaha.
Adoreiii isso!
:D

Olá, Fernanda.

Obrigada por sua ida ao meu blog.
Fiquei contente com seu comentário.

Tb passarei cá mais vezes.
E fim.