sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Anjo Dark


Um anjo negro me afaga na tétrica escuridão.
São noites densas, carregadas de partículas
quânticas, corpusculares.
Ondas de energia que invadem minhas entranhas.
O anjo dark tem cabelos de fogo,olhar de gelo
e dentes caninos que trituram meus anseios.
Comem-me com uma insensatez indescritível.
Sou fragmentos na noite breu e me congelo para
a ceia posterior.
Requentada, saboreio a saliva que me mastiga
e sou inundada pela lascívia de poder tocar anjos
decaídos, trazidos pela noite sombria para inebriar
meus pesadelos mais gostosos.



Já foi postada. Mas penso que vale colocar novamente aqui. Abraços a todos.

6 comentários:

Saramar disse...

Fragmentos em palavras.
Muito fundo, tudo belo!

beijos

Cin disse...

Pensou certo.
Bjos!

Edson Marques disse...

Fernanda,



Esse Anjo Dark, inspirador, deve ser uma delícia!


Abraços, flores, estrelas..



.

Ricardo Rayol disse...

Caramba....

Reinaldo Ramos disse...

Tentador poder ser tal anjo negro. superpoderes não são somente para heróis.

Chopper disse...

Você escreve muito bem.
Continue sempre assim!